4 comentários:
De Anónimo a 28 de Dezembro de 2005 às 09:17
Mas a maior felicidade é a da gente pequena.



Naquela véspera santa



a sua comoção é tanta, tanta, tanta,



que nem dorme serena.



Cada menino



abre um olhinho



na noite incerta



para ver se a aurora



já está dsperta.



De manhãzinha



salta da cama,



corre á cozinha



mesmo em pijama.



Ah!!!!!!!!!!!!!!



Na branda macieza



da matutina luz



aguarda-o a surpresa



do Menino Jesus.



SANTO NATAL



FELIZ ANO NOVO
Carlos
(http://vagueando.blogs.sapo.pt/)
(mailto:c_m_a_n_u_e_l@hotmail.com)
De Anónimo a 26 de Dezembro de 2005 às 21:03
(`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)
«`'•.¸.¤ Passei ¤.¸.•'´»
(¸.•'´(¸.•'´ `'•.¸)`' •.¸)
¸.•´
( `•.¸Só para lhe desejar um Feliz Natal
`•.¸ )
¸.•)´e um Ano Novo repleto de Sucesso,
(.•´ Realizações, Saúde e Amor...
*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` * Bjsapaixonada
(http://deusadoprazer.blogs.sapo.pt)
(mailto:apaixonada_1@sapo.pt)
De Anónimo a 25 de Dezembro de 2005 às 22:24
Li o teu blog praticamente todo! Incrivel como me identifiquei tanto. Os fragmentos, as frases, as músicas, os pequenos excertos. Cada um deles me trazia recordaçoes, algumas boas outras nem tanto, umas que me fizeram recordar, outras que me trouxeram saudades, outras que me fizeram brilhar os olhos e outras que me deixaram nem sei bem como...
Prometo voltar.
Beijos.Incompleta
(http://incompleta.blogspot.com)
(mailto:incompleta@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Dezembro de 2005 às 19:46
Ora viva Cara Zephira... Passei por aqui para lhe desejar Boas Festas e acima de tudo, melhores que as minhas. Para mim, o Natal é sempre mau pois tenho que comer bacalhau. Não é por não gostar, mas porque raio tenho que comê-lo cozido se afinal há 1001 maneiras de o cozinhar?! Depois tenho que levar com as broas e as belas das filhós, o arroz doce da minha tia e o pão-de-ló das minhas avós. Detesto lampreia de ovos e odeio rabanadas, mas até gosto de bolo-rei por causa das frutas cristalizadas. Antes de começar a refeição fazemos uma oração, mas como não sei rezar limito-me a mexer a boca para acompanhar. Por mais que tente escapar não há mesmo volta a dar, sou eu que acendo a lareira e ponho a lenha a queimar. Já cá faltavam as meias brancas da Sport com as raquetes a condizer, são sempre as piores prendas que me podem oferecer. Depois há os Old Spice e os perfumes da Adidas, que recebo todos os anos das minhas tias queridas. Mais uns pares de cuecas azuis para estrear no ano novo, porque as minhas avós fazem questão de manter esta tradição. A minha mãe desilude-me com as suas gravatas aos quadradinhos, e a minha madrinha para condizer, oferece-me camisas com quadrados nos colarinhos. Por mais que não goste, tenho que estar presente... Mas todos os anos, o meu Natal é sempre deprimente. Cara Zephira, espero que o seu Natal seja bem melhor do que o meu, Boas Festas! Um abraço... SHAKERMAKER (Sabe, gosto do que leio de si, como é habitual sempre que venho aqui)shakermaker.blogs.sapo.pt
(http://shakermaker.blogs.sapo.pt)
(mailto:honkytonkwomen@sapo.pt)

Comentar post