Domingo, 17 de Junho de 2012

Um dia

Um dia
vou dizer-te,
a versão eloquente
de quem fomos,

…dizer-te
dum pretérito simples,
e do futuro condicional
incerto.

Leremos livros
de odores ligeiros
saboreando chás
de sabores diversos,

Diremos poemas
inventaremos núpcias
juraremos juras
e cantaremos versos,

Descobriremos portos,
barcos, travessias,
tormentas brancas
e algumas calmarias…

Tudo isto amor,
e nada mais,
brandos e contemplativos,

eu prometo,

…um dia.


(Bósnia 1998)

Poema de Teresa Cunha
in, III Antologia de Poesia Contemporânea, (Chiado Editora)
Guardado por zephira às 01:29
| comentar
Hoje  é 

'Cada palavra é uma semente' - S. Tamaro



Pele - Pólo Norte

Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
24
25
26
27
28
29
30
31

Palavras Recentes

Sonho

Recomeçar

Um dia

Para ser grande sê inteir...

Scent of a woman

Feliz Natal

É a vida...

...

Perdoar

...

Palavras Passadas

Agosto 2013

Junho 2012

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

blogs SAPO

subscrever feeds